segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Feliz dia dos professores!


Ministrando uma prática de SwáSthya Yôga no Jardim Cultural 2012
no Parque Vitória Régia, Bauru/SP

Ser professor é cultivar o amor que vive a transbordar para que possa seus alunos usufruírem dessa aliança que se forma com o aprendizado.
Ser professor é dissipar as trevas da ignorância e mostrar os caminhos que conduzem ao conhecimento, ao autoconhecimento.
Ser professor é estar disponível para as dúvidas e questionamentos dos seus alunos.
Ser professor é continuar sendo aluno para toda a eternidade. É continuar aprendendo a cada instante. É observar seu próprio comportamento afim de moldá-lo, de torná-lo melhor até o último suspiro.
Ser professor é encarar uma missão que obviamente extrapola o relacionamento mestre x discípulo. É trazer aos olhos da sociedade como um todo uma forma de ser mais consciente em todos os aspectos.
Ser professor de verdade é derrubar as quatro paredes da sala de aula e viver o planeta todo como uma grande escola.
É poder através de seus próprios atos dar o exemplo, abrindo as portas da percepção de cada indivíduo que participa dessa convivência.

Obrigada a todos os meus mestres, alguns meus melhores amigos (e alguns nem um pouco amigos, rs), meus pais, meus filhos e a própria vida.

Feliz dia dos professores!

Marina Engler

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Disciplina - o caminho do sucesso!


"Ninguém se disciplina sozinho. 
Os homens se disciplinam em comunhão, mediados pela realidade".
Paulo Freire

Disciplina tem a mesma etimologia da palavra "discípulo", que significa "aquele que segue". Também é um dos nomes que se pode dar a qualquer área de conhecimento estudada e ministrada em um ambiente escolar ou acadêmico. Geralmente diz respeito a uma Ciência ou Técnica, ou subderivados destas. Aqueles que seguem uma disciplina podem assim ser chamados de discípulos.

A disciplina é um hábito interno que facilita a cada pessoa o cumprimento de suas obrigações, é um autodomínio, é a capacidade de utilizar a liberdade pessoal, isto é, a possibilidade de atuar livremente superando os condicionamentos internos e externos que se apresentam na vida cotidiana.
 Fonte: Wikipédia

As características básicas dos vencedores

Disciplina - a chave de um futuro melhor
Responda rapidamente: o que Gandhi, Charles Chaplin, Einstein e Wiston Churchill tinham em comum? E o que Buda e Santos Dumont compartilhavam?
É difícil encontrar algum em comum entre figuras tão díspares, não é mesmo? Mas a resposta é muito simples, e nela reside a razão da grandeza de cada um deles. Todos foram pessoas disciplinadas.
Nenhum deles jamais teria conseguido o que conseguiu se não tivesse realizado um esforço continuado. É certo que Einstein era um gênio - mas de que isso adiantaria se ele não tivesse dedicado horas e horas ao estudo e às questões que permitiram que formulasse a Teoria da Relatividade?
Buda era um santo que já nasceu diferente? Segundo ele próprio, não era. Sempre afirmou que qualquer um podia alcançar a iluminação - desde que colocasse isso como sua meta de vida e trabalhasse disciplinadamente para tanto. Gandhi exigiu de si mesmo uma disciplina férrea, voltada para o seu ideal de libertação e integração da Índia. Graham Bell, o inventor do telefone, colecionou uma série infindável de fracassos antes de obter sucesso - mas continuou em frente.
O fato é que todos nós somos, potencialmente, seres excepcionais. Mas não realizamos esse potencial. Por que? A resposta, também neste caso, é simples: não queremos aceitar o fato de que, para alcançarmos o que desejamos, temos que ser disciplinados.
Quantos de nós sonham em ocupar uma melhor posição no trabalho? Muitos, não? Mas quantos desenvolvem uma estratégia para isso e, mais importante, executam essa estratégia? Poucos, não é mesmo?
E esse é ponto básico de nossa newsletter de hoje: sem disciplina, você nunca irá a lugar nenhum. O atleta de músculos perfeitos tem que encarar horas e horas de exercício, disciplinadamente. O cientista que descobrir a vacina contra a AIDS terá passado horas e horas trancafiado em um laboratório, disciplinadamente. Todos os que chegaram, estão chegando ou chegarão ao sucesso terão que, de alguma forma, exercer uma enorme força de vontade, e impor uma disciplina rígida a si mesmos.

COMO FAZER?
No entanto, algumas pessoas acreditam que essa disciplina é, em si mesma, um dom. Quanto a isso, tenho boas notícias. Não é verdade. Disciplina se aprende. E, como um músculo, pode ser treinada. Veja como:
1 - Acabe com as desculpas
Seres humanos são especialistas em desculpas, e em encontrar bodes expiatórios. O fato de que a situação não está boa, ou de que fulano fez algo que o boicotou não é razão suficiente para que você deixe de fazer todo o possível para ter sucesso e ser feliz.
Lembre-se que cada vez que você atribui um dos seus problemas a uma instituição ou a uma pessoa, você abre mão de seu único poder: o poder sobre si mesmo. Algo ou alguém podem realmente ser a origem dos seus problemas. Mas a solução deles só terá uma origem: você. Portanto, deixe de lado "eles" e o possível mal que lhe causam ou causaram. Pense em como você irá evoluir e vencer.
2 - Comece devagar
Nenhum campeão de halterofilismo começou levantando 200 quilos. Nem você vai se transformar no que quer ser em um dia. Você também não irá conseguir ser um exemplo de disciplina em apenas um dia.
Mirar alto é bom e é necessário. Mas o sucesso é a soma de pequenos passos. Como um atleta em treinamento, você começará andando, depois andando depressa, depois correndo.
Estabeleça metas modestas - manter seus papéis organizados, ou responder a todos os telefonemas que deve responder. Quando estiver bem treinado, exija mais de si. Como um músculo que se torna mais forte, a disciplina irá se tornar um hábito cada vez mais arraigado a cada vitória sobre si mesmo.
3 - Não há exceções
Uma vez que tenha estabelecido sua meta inicial de disciplina, não faça exceções. Quando começamos a fazer exceções, as exceções se tornam a nova regra. E o seu objetivo vai por água abaixo. Por isso que é preciso começar aos poucos, com coisas que você seja efetivamente capaz de fazer.
4 - Não se considere um messias ou um mártir
Não existe nada mais incômodo do que um ex-fumante que se dedica a "converter" os fumantes na sua campanha contra o fumo. Da mesma forma, o fato de você ter optado por ser uma pessoa disciplinada - e portanto vencedora - não significa que, a partir de agora, você irá exigir que todos ao seu redor vivam pelos seus novos parâmetros.
Também não significa que você irá cumprir as tarefas que se impôs como se fossem uma cruz que carrega. Afinal, se você mantiver os olhos no horizonte, verá sempre a meta que tem à frente. E a disciplina diária será apenas um hábito que incorporou para chegar a essa meta. Portanto, faça um favor a si e aos que vivem com você - faça também da alegria uma nova disciplina.

Aproveite mais seu sono!


Pesquisa mostra que o cérebro é capaz de aprender enquanto dorme. 

Leia na íntegra:

http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/bbc/2012/08/28/pesquisa-mostra-que-cerebro-e-capaz-de-aprender-durante-sono.htm